Mudar de hosting para blogs wordpress

Recentemente tive de mudar um blog wordpress de um hosting para outro. Mudar um site que use bases de dados não é tão simples como fazer apenas a transferência de ficheiros para o novo host através de FTP. Temos de mudar também a base de dados, e garantir que nenhuma informação se vai perder durante a transferência.

Existem várias formas de o fazer, mas desta vez optei por uma que me parece ser a mais eficiente. Através deste processo vamos ficar com uma cópia exacta do blog no novo servidor. Isto evita que se tenha de instalar novamente o wordpress, mantendo todas as informações e definições, tornando desnecessárias quaisquer actualizações.

Preparação para a mudança

Antes de iniciar a transferência é crucial fazer um backup de todos os dados, incluindo a base de dados mySQL.

  • Através de FTP passar para o PC todos os ficheiros que estão na directoria do blog.
  • Pelo phpMyAdmin fazer a exportação da base de dados. Ver aqui como fazer.

Antes de fazerem a exportação da base de dados aconselho a eliminarem da tabela wp_comments todos os comentários de spam e a fazerem uma optimização de todas as tabelas, para evitar incoerências quando forem fazer a importação para o novo host.

Transferir para o novo host

Agora que já tens todos os ficheiros do blog, incluindo um com a base de dados, chegou a hora de passar tudo isso para o novo alojamento.

Através do cPanel do novo alojamento é necessário criar uma nova base de dados. Para isso entras na área MySQL Databases e fazes criar uma nova base de dados. Depois crias um novo utilizador e associas à base de dados entretanto criado. Podes ver estas tarefas em detalhe aqui.

cPanel X mySQL

Assim que a base de dados estiver criada podes fazer a importação do ficheiro com o conteúdo da base de dados. É neste passo que vais importar todos os posts e comentários do blog. A importação é feita através do phpMyAdmin. Entras na base de dados que criaste e fazes import do ficheiro. Neste momento já tens todo o conteúdo do blog no novo servidor.

Agora só tens de fazer o upload de todo o conteúdo do blog, que retiraste do host antigo. Vais fazer o upload por FTP para a pasta correspondente ao dominio, no novo alojamento. Antes de fazer o upload tens de re-configurar o ficheiro wp-config.php com os novos dados da base de dados (i.e. database name, user e password, que criaste no novo host).

Disponibilizar o blog no novo host

Depois de mover a base de dados e os ficheiros só tens de mudar as definições DNS, para que o teu domínio aponte para o novo alojamento. No site onde tens registado o dominio vais à área de gestão do DNS e fazes a actualização para os DNS do novo servidor. Esta actualização demora alguns dias, é provável que não vejas logo que a alteração foi feita. Durante este tempo aconselho que mantenham a outra conta de alojamento activa, mas convém que bloqueiem os comentários no blog antigo para que não se percam nenhuns nesta transferência.

Outros recursos

Etapas do Web Design

Encontrei esta imagem que reflecte muito bem as diferentes etapas do design para a web. Se repararem metade do tempo que se perde tem a ver com o Internet Explorer, que apesar de ser o pior browser que há memória (principalmente o IE 6) ainda é utilizado por muitas pessoas.

De acordo com as estatísticas deste site 50% dos visitantes usam Firefox, 38% usam IE e 8% o Chrome. Para os 20% que ainda navegam com a versão 6 do IE: actualizem-se!

etapas do web design

Adicionar Lista com Posts mais Populares

Os posts que nós fazemos não são todos iguais… Alguns são mais importantes que outros, pela qualidade de informação que nós disponibilizamos. Agora imaginem um visitante que está pela primeira vez no vosso blog. O mais importante é captar a sua atenção para o conteúdo mais importante, garantindo que ele é visível e se consegue aceder facilmente.

Depois de ler este artigo do Custódio do Blog do Dinheiro decidi que também eu deveria ter uma lista que mostrasse a todos os visitantes quais os artigos mais importantes que foram publicados no blog.

Para quem usa wordpress (como eu) e quer adicionar uma lista com os posts mais populares pode instalar um dos muitos plugins disponíveis para o efeito, por exemplo o Popularity Contest.

Como sabem eu adoro os plugins wordpress, mas sempre que tenho hipótese opto por não os utilizar, de forma a não tornar o blog lento e mais susceptível a erros e até ataques externos.

Assim sendo optei por adicionar esta pedaço de código na sidebar do blog. O que isto faz é ir buscar os 5 posts mais comentados, o que à partida pode significar que são os mais populares. Os plugins disponiveis usam outras variáveis para calcular os posts populares, como os backlinks e o numero de visitas, mas para o efeito parece-me suficiente. Experimentem.

<h2>Artigos Populares</h2>
<ul>
<?php $result = $wpdb->get_results("SELECT comment_count,ID,post_title FROM $wpdb->posts ORDER BY comment_count DESC LIMIT 0 , 5");
foreach ($result as $post) {
setup_postdata($post);
$postid = $post->ID;
$title = $post->post_title;
$commentcount = $post->comment_count;
if ($commentcount != 0) { ?>
<li><a href="<?php echo get_permalink($postid); ?>" title="<?php echo $title ?>">
<?php echo $title ?></a> {<?php echo $commentcount ?>}</li>
<?php } } ?>
</ul>

Criar Tabs na Sidebar do blog

wordpress tabs dinamicasEstes dias estava a dar uma olhada pelo blog quando reparei que a sidebar estava muito carregada de links. Como eu gosto das coisas arrumadinhas decidi agrupar os blocos das categorias, arquivos e dos ultimos comentários, tornando a barra lateral do blog bastante mais limpinha e agradável.

Para fazer isto optei por implementar um sistema de navegação por tabs, coisa que se faz facilmente recorrendo a um script java e um pouco de css. Ao optar pela navegação por tabs, é possível colocar muito mais informação no mesmo espaço, por esta fica organizada por separadores.

Existem várias soluções disponíveis e só temos de escolher a que nos der mais jeito, o que pode ser um problema. Como este processo pode demorar muito tempo vou deixar aqui registado qual a opção que tomei e como o fiz, de maneira a que quem quizer uma coisa igual possa facilmente replicar.

Implementar a tab navigation

Decidi implementar a tab navigation recorrendo à biblioteca java do Yahoo, a The Yahoo! User Interface Library (YUI), que tem um componente muito bom para as tabs, o TabView. Escolhi este porque funcionou muito bem e além disso o ficheiros .js são levezinhos.

Para começar podem fazer o download dos ficheiros necessários. São 3 .js e 1 para o .css. Podem fazer o upload deste ficheiros directamente para a directoria onde têm o theme do vosso blog. Depois disso basta adicionar na <head> do vosso theme o código (header.php):
<script type="text/javascript" src="<?php bloginfo('template_directory'); ?>/yahoo-dom-event.js"></script>
<script type="text/javascript" src="<?php bloginfo('template_directory'); ?>/yahoo-element-min.js"></script>
<script type="text/javascript" src="<?php bloginfo('template_directory'); ?>/yahoo-tabview-min.js"></script>
<link rel="stylesheet" href="<?php bloginfo('template_directory'); ?>/tabs.css" type="text/css" media="screen"/>

Na sidebar (sidebar.php) do theme colocar o seguinte código, onde quiserem que apareca a div com as tabs.
<script type="text/javascript">
var myTabs = new YAHOO.widget.TabView("tabspace");
</script>
<div id="tabspace" class="yui-navset">
<ul class="yui-nav">
<li class="selected"><a href="#tab1"><em>Categorias</em></a></li>
<li><a href="#tab2"><em>Artigos por Mês</em></a></li>
<li><a href="#tab3"><em>Blogs Amigos</em></a></li>
</ul>
<div class="yui-content">
<div class="tabs">
<ul><?php wp_list_cats('sort_column=name'); ?></ul>
</div>
<div class="tabs">
<ul><?php wp_get_archives('type=monthly'); ?></ul>
</div>
<div class="tabs">
<ul><?php wp_list_bookmarks('title_li=&categorize=0'); ?></ul>
</div>
</div>
</div>

Neste exemplo em cada tab vai aparecer as categorias do blog, os arquivos e na terceira o blogroll. No entanto podem alterar facilmente para mostrar aquilo que quiserem.

Para tudo funcionar têm de alterar a tag <body> para <body class=”yui-skin-sam”>.

Demo e Ficheiros

Podem ver o demo aqui e fazer o download dos ficheiros necessários aqui.

Notas

  1. Este exemplo está preparado para três tabs, mas podem facilmente adicionar mais, basta para isso replicar o código.
  2. Para alterar as cores basta editar o ficheiro css.
  3. Se não conseguirem com os ficheiros que forneci podem ir à página oficial e retirar os exemplos que a Yahoo lá colocou.

Friday Cartoon #1

E porque hoje é sexta feira e já cheira a fim de semana:

spyware cartoon

Google Street View em Lisboa

google street viewConhecem o Street View do Google? Pois então, o Street View é uma funcionalidade do Google Maps quer permite explorar e navegar por cidades através de fotografias panorâmicas ao nível da rua.

A grande novidade é que o Google começa hoje a recolher imagens de cidades portuguesas (Lisboa, Porto e Braga). Não se admirem se vos aparecerem carros estranhos com um caixote em cima do tejadilho. Estes carros estão equipados com máquinas fotográficas especiais para fotografarem, em 360 graus, todas as principais ruas destas duas cidades.

Segundo o Google:

Todas as imagens recolhidas, milhares delas de cada cidade, são analisados a fim de atestar a sua qualidade e proteger a privacidade de todas as pessoas e veículos que nelas possam aparecer.

A privacidade é protegida com a distorção do rosto de todas as pessoas e matrículas de todos os veículos, podendo ainda quem se conseguir reconhecer solicitar a remoção da sua imagem, pessoal ou do veículo, da aplicação.

Espera-se que até ao final do ano as três cidades portuguesas estejam disponíveis para que os cibernautas possam passear virtualmente, com imagens reais, por estas.

Será que vamos encontrar coisas como estas?? Esperar para ver!

UPDATE:
O google street view lisbon já está disponível, e com uma qualidade de imagem excelente. Vejam esta do Marquês de Pombal.

De acordo com o Google as próximas cidades a serem alvo do street view são Braga, Barcelos, Maia, Paredes, Aveiro, Águeda, Évora, Portalegre, Setúbal, Alverca, Amadora e Costa da Caparica.

← Página AnteriorPróxima Página →